Manifesto

Não é a respeito do famoso, do caro, do chic, do gourmet.

Uma vez me disseram que a invenção mais antiga do homem não era o fogo e sim a fogueira.
O hábito de se sentar ao redor do calor para dividir histórias, formando laços e conexões.
Ora, se a fogueira foi a primeira, com certeza o assado deve ter surgido em seguida.

manifesto

Um dos hábitos que você mais vai ter na vida será comer.
Comer une as pessoas. Em família, nos jantares românticos ou revendo amigos. Oferece conforto ao corpo e prazer a alma. A fome é visceral e é a mesma para todo e qualquer ser humano. Todo mundo conhece alguém que come para estar vivo e provavelmente também alguém que vive para comer.

manifesto2

A comida conecta as pessoas. Nos mercados, nos restaurantes, na calçada, nos bares, em qualquer lugar. A comida pode ser muito mais do que alimento. É a maneira mais simples e brutal de aprender sobre outra cultura.

manifesto3

Com garfos e facas, com a mão, em tigelas, em pratos, aonde for.
Coma, beba, sinta, goste ou não goste, mas experimente.
Tudo, de todos os lugares possíveis, com quem for.
Este espaço nasceu da ideia de falar de um mundo muito maior que conhecemos, através das suas receitas, temperos, histórias, línguas e costumes.

Espero trazer mais do que uma receita apenas, ou a minha percepção apenas sobre algum prato típico.
Na realidade não estaremos aqui falando de dieta, calorias ou se fulano ou ciclano achou tal coisa gourmet.
Basta ser bom, para o corpo ou para a alma.
Não é a respeito do famoso, do caro, do chic, do gourmet.
É a respeito do que é bom. Ponto. Coma com os olhos, com o olfato, com a boca.

Espero que você se satisfaça aqui.