2nd jun
Comida Conecta">

Cordeiro Assado (Roasted Lamb)

Olá Comida Conecta!
A colaboração de hoje vem direto de Watertown, MA, Estados Unidos. O Felipe, marido da Rebecca, pai da Julia, primo do idealizador deste blog e um onívoro de respeito fez uma receita excelente para dividir conosco: Cordeiro Assado! A partir daqui, tudo escrito e documentado por ele:

“Hoje trazemos algo um pouco diferente. Como você sabe (ou talvez não), cozinhar é uma forma de arte. E também é algo que as famílias experimentam juntas há séculos. A arte de cozinhar é passada dos pais, dos avós para os filhos e os filhos dos filhos.

Felizmente para mim, essa tradição está profundamente presente em minha família e, em ocasiões especiais, os membros de minha família gostam de sair e mostrar seu amor usando uma das melhores maneiras possíveis: cozinhar.

Como minha família agora está espalhada pelo mundo, temos várias tradições culinárias sendo compartilhadas, decidi que vou vai grelhar / defumar/ assar ou fritar (realmente, fritar?) dada pedaço de carne conhecido pelos homens. E como maio é meu mês de aniversário, eu decidiu nos tratar com sua carne favorita: Perna de Cordeiro.

Se você não cozinhou uma perna de cordeiro antes, não se deixe intimidar.

Se você não cozinhou uma perna de cordeiro antes, não se deixe intimidar!

Eu sei, parece incrivelmente assustador, mas é muito mais fácil do que você pensa. É à prova de idiotas e livre de problemas. E você nem precisa de uma longa lista de ingredientes.

Não, a lista de ingredientes é super simples aqui – tudo o que você precisa é de alho, sal, pimenta, alecrim, anchova em conserva, tempero de ervas italianas e queijo Gruyère.

Para facilitar as coisas, compre uma perna desossada pela primeira vez. Você pode pedir ao seu açougue para remover o osso ou até encontrá-lo em supermercados. Faça uma simples massagem combinando sal, pimenta, alho, ervas. Com a massagem pronta, é hora de trabalhar a perna e a borboleta – o máximo que puder, dando uma superfície plana para que você possa aplicar a os temperos no interior, use as anchovas como tempero e adicione o queijo Gruyère e alecrim.

Você pode usar muito deste temperos secos por dentro, já que o cordeiro é uma carne poderosa e precisa de sabor. Quando terminar, enrole a perna usando arame e aplique mais um pouco do lado de fora, também cobrindo com alecrim.

Hora do churrasco …

Se você tem um defumador, pode definir a temperatura para 325 F (aproximadamente 160Cº) e deixá-lo cozinhar por cerca de 2 horas e meia, ou até que a temperatura interna atinja 145 F (aproximadamente 62Cº. Se você faz um churrasco comum a carvão ou uma churrasqueira a gás, pode fazer o mesmo. Até no forno doméstico vai dar certo. A parte importante é não cozinhá-lo muito alto para que o exterior não cozinhe demais. Estamos procurando o 145 F internamente, então tudo bem se demorar um pouco mais.

Quando atinge a temperatura, a parte mais importante: DEIXE-O DESCANSAR por 15 minutos. A carne de cordeiro precisa de tempo para descansar, para incorporar os últimos pedaços de sabor da massagem, do calor e talvez da fumaça. Após 15 minutos, você pode cortar e servir.”

Realmente o cordeiro é uma carne muito saborosa e poderosa, mas pouco usada no Brasil.

Depois desta colaboração o Felipe nos prometeu nos trazer vários tipos de carne de churrasco feitos nos EUA, onde ele mora.

Próximo alvo: o famoso peito, a marca do churrasco ao estilo texano.


Gostaram ? Até a próxima pessoal!

Comentários (1)
  • Uau! Eu num como carne mas esse aí até aguou a boca! 🙂 haha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *